40 semanas

Hoje completamos 40 semanas de espera.

Como se sabe, não há “sinal” de que o neném vai nascer ou coisa do gênero. O parto simplesmente acontece. Antes dizia que Matias ia decidir quando nascer, hoje digo que meu corpo vai decidir quando expulsá-lo.

Essa semana, na volta de Stavanger, tive um tipo de contração que aqui se chama “contração chata”, “chata” porque ela é chata mesmo. Ela é mais forte que a falsa contração, dá cólicas, dores nas costas e não desaparece se eu mudar de posição, mas é irregular e não evolui para as verdadeiras contrações a menos que esteja na hora. Foi super incômodo. Elas começaram pouco antes de a gente chegar em Kristiansand, pouco depois das 22h, e duraram até às 01:30h da manhã. Matias não gostou, acho que ficou um pouco estressado. A cada contração era como se ele lutasse contra as paredes do útero que o pressionavam pra baixo. Era uma guerra dentro de mim e eu não podia fazer nada, só fechar os olhos e respirar. Em um momento achei que Matias fosse nascer mesmo. Foi o ápice das contrações, mas aí elas começaram a diminuir a intensidade e o intervalo entre uma e outra. Desde então tenho falsas contrações constantemente. Acordo todas as noites por causa delas e levo 1 hora pra conseguir dormir outra vez. Elas me cansam durante o dia. O coração é um músculo que se contrai para gerar energia, o útero consome energia para se contrair. E essas contrações acontecem a cada 15-20 minutos e duram até 90 segundos. Fico exaurida no final do dia.

Essa semana também observei o aparecimento de estrias em torno do meu umbigo. Tudo o que podia fazer pra evitar, eu fiz. Mas aqui estão elas, bem no finalzinho da gravidez. Espero esquecer completamente delas no momento em que olhar pra Matias pela primeira vez. E que, como diz o texto que publiquei num outro post, elas sejam motivo de orgulho.

Essa semana também fomos ao Curso de Grávidas. Estávamos com medo que Matias nascesse antes do curso rs, mas ele continua aconchegado na minha barriga. Dizem que ele agora não tem espaço pra se mexer, então deve se mexer pouco. Ele mexe menos, mas é definitivamente bastante ativo apesar da falta de espaço. Ele estica as pernas o tempo todo, o que faz com que minha barriga tome uma forma meio estranha com a bundinha de um lado e os pezinhos do outro. O mais estranho é sentir os ombros, bracinhos e cabeça se mexendo perto da virilha rs… Estou dividida: uma parte de mim quer ter ele nos braços ontem, a outra já está sentindo saudades dele na barriga.

Bom, agora o calendário está assim:

  • Se Matias não nascer até terça-feira: tenho controle com minha médica que vai marcar meu controle no hospital.
  • Se Matias não nascer até o dia 17: vou para o controle no hospital que vai decidir se e quando vamos induzir o parto.
  • Se Matias não nascer até o dia 20: dia 21 é a última data para a indução do parto.

Considerando que dia 21 é um domingo e nem todos os hospitais induzem o parto no fim de semana, pode ser que induzam na sexta-feira, dia 19, ou na segunda, dia 22. Mas tudo tem um grande SE. Eu gostaria que o parto começasse por si só, mas essas coisas estão fora do meu controle. Apesar de tudo, percebo que as pessoas ao meu redor estão mais ansiosas que eu. Eu ainda não fiz a malinha, não comprei a lâmpada pra o berço, não comprei o troço de pendurar o mosquiteiro sobre o berço e hoje percebi que não temos coberturas suficientes para as fraldas…

Morten esteve doente e ainda não está 100%, mas está melhor. Fui à Stavanger com ele essa semana até pra acalmá-lo caso Matias nascesse. Como não aconteceu, hoje ele viaja de novo, mas não vamos junto e estamos preparados pro caso de ele precisar voltar de repente, mas essa situação não ajuda. Deixa ele mais estressado e eu fico com o coração apertadinho. Já pensou, Matias nasce e ele não está aqui pra ver?! Deus nos livre!

Outra situação complicada: Matias nascer dia 21. Minha mãe volta pro Brasil dia 23, e depois do parto a gente fica no hospital de 2 a 3 dias. Os avós só podem visitar a gente no hospital uma vez ao dia por 1 hora. Tadinha, vir até aqui, eu fazer questão que ela esteja aqui, e ela não ter tempo de curtir o neto? Deus nos livre! Vou precisar fazer o maior auê pra conseguir que ela fique com a gente no hospital depois do parto, já estou até vendo.

E por enquanto no bolão, Fight aposta no dia 13 e Daniel no dia 12. E você?

4 pensamentos sobre “40 semanas

  1. Matias, Matias, não desaponte a vovó…. estou na torcida pra que nasça bem a tempo da minha tia curtir ele. Continuo apostando no dia 13…rs. Fala pra ele que dia 19 é o meu dia e 22 é muito longe pra ele nascer…rs.
    Nossa a barriga está muito linda, muito pontuda! As minhas estrias também apareceram no final da gravidez, esticou muito, assim como a sua, também passei tudo que pude, mas acho que é inevitável.

    Bom, estou aqui acompanhando e firme na minhas aposta! rs
    Bjs

  2. Quer dizer que o Matias enganou a mim e Daniel… e nasceu hoje? Estou muito feliz por vc, prima! Quero logo saber todos os detalhes do parto, q estou muito, muito, muito ansiosa pra ver as fotos dele…. Deus abençoe o Matias!
    Amo vcs!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s