E o milagre se repete

Em julho de 2014 meu ciclo menstrual retornou. À época eu fiquei bastante animada. Pensei que meu corpo já estava pronto pra mais uma gravidez etc. Como nem tudo é como a gente imagina e deseja, eu logo caí na real. Ainda amamentando era natural que demorasse um pouco. Mas li um estudo que dizia que era normal que uma nova gravidez acontecesse em até 7 meses após a volta da menstruação.

Matias ainda mama em livre demanda como disse no post anterior. Isso fez com que meus ciclos fossem irregulares. Um durou até 45 dias. Desencanei.

Mas por muitas vezes me questionei se gostaria mesmo de ter mais um filho. Morten estava satisfeito com Matias, eu também. Não seria preciso dividir os recursos e a presença. Nenhum outro parto pode ser mais maravilhoso que o de Matias, que foi o parto dos meus sonhos. E cada gravidez é uma, nunca se sabe como será a próxima. Por outro lado, venho de família grande, e acho bom ter com quem compartilhar as memórias da infância, os momentos mais íntimos que não se dividem nem com os primos. E Matias é libriano. Librianos andam em pares, adoram companhia, e são bastante ligados à família.

Como precisamos de ajuda pra ter Matias, não achei que seria fácil engravidar de novo, e achei que teria que buscar ajuda novamente se quisesse muito ter outro. Fui deixando as coisas acontecerem. Fui deixando o tempo passar.

Mas desde novembro notei uma mudança na libido. Esteve mais alta do que em qualquer outro tempo que me lembre. Pensei que meu corpo estava dando um “jump-start”, retornando às origens, sem a interferência de anticoncepcionais – os quais não voltarei a tomar, nunca mais.

E há duas semanas fiquei “resfriada”, garganta arranhando, um gosto amargo na boca, bastante indisposta. Não fui trabalhar a primeira semana toda. Dei aulas via internet. Mas conseguia levantar para levar Matias à creche e busca-lo. Comecei a notar um certo incômodo durante a amamentação. Já essa semana as coisas pioraram. Fui trabalhar na segunda. Dormi no caminho de volta, o que é incomum, e me senti ainda pior. Não fui trabalhar na terça, e por sorte meus alunos tinham uma programação universitária na escola; na quarta Matias ficou ainda mais resfriado do que já estava, e ficou em casa comigo. Nessa mesma quarta eu resolvi tirar a “prova dos 9” pra descobrir o que poderia estar acontecendo, e fiz o teste de gravidez logo que levantei. O positivo foi imediato e forte.

Já marquei a consulta de controle com minha médica de família para o dia 19, e queremos fazer uma ultrassonografia para saber, afinal, pra quando esse bebê é. O último ciclo marcado no meu calendário teve início dia 30 de novembro, o que nos coloca a pouco mais de 9 semanas, mas não consigo me recordar se houve mais uma em dezembro, o que nos colocaria a 6 semanas.

Meu cansaço desesperador pode estar associado à anemia leve, e espero que isso se resolva logo com minhas doses cavalares de ferro diária. Só agora comecei a tomar todas as vitaminas de que preciso. E não está sendo fácil amamentar ao mesmo tempo. Agora já me surgem questões quanto ao desmame, por exemplo.

De qualquer modo, ainda é cedo e muita coisa ainda pode acontecer. Eu ainda não estou me sentindo tão bem pra curtir a gravidez. Mas estou torcendo pra que eu melhore logo e possa ter um olhar mais positivo sobre essa gravidez. Por enquanto só penso que seria ótimo dormir direto até setembro.

Mas isso logo passa. Se me lembro bem, o segundo trimestre é um show!

Ainda não sei se vou tirar fotos toda semana como fiz com Matias, mas vou vir contar minhas agruras e alegrias sempre que tiver algo pra contar.

Um pensamento sobre “E o milagre se repete

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s