E os milagrinhos são…

Um menino e uma menina!

Parabéns à todos que deram seus palpites no Facebook e acertaram. Obrigada pelos chutes!

Desculpem a demora na resposta. Mas do hospital, fomos direto à creche buscar Matias para irmos jantar na casa dos meus sogros. Voltando pra casa, liguei pra minha mãe, coloquei Matias na cama e só agora consegui falar com meu pai. Eles sempre ficam sabendo em primeira mão. 🙂

Bom, quanto a ultra. Essa foi a “super-ultra”. Chamo ela assim porque é a única ultrassonografia que o governo dá durante a gravidez. Ela acontece entre a 18a e a 19a semana e nela a gente descobre o sexo – se assim desejar -, faz uma análise detalhada do bebê, e determina a data prevista do parto oficial. [ADENDO] Nossa data prevista de parto foi corrigida em três dias, para 4 de outubro. [FIM DO ADENDO] Essa ultra acontece no hospital onde a gente deve ter o bebê, e assim eles já mantém todas as informações sobre a mãe e os bebês antecipadamente para se preparar.

Como estamos esperando dois bebês, essa ultra foi bastante especial e mais demorada, já que analisamos os dois. Não é uma ultrassonografia super avançada como as que se fazem no Brasil. Nada de 3D ou 4D. É um aparelho comum. Tudo em preto e branco. Para ver alguma coisa em 3D ou 4D, a gente precisa ir a uma das clínicas particulares e desembolsar um dinheirinho. Eu sempre acho que a ultra comum é suficiente, então nunca paguei por uma 3D.

Também por ser uma gravidez gemelar, eu tenho um acompanhamento mais detalhado, com muitas ultrassonografias. Essa já foi a terceira e daqui pra frente, a frequência vai aumentar. Primeiro, uma a cada duas semanas e depois toda semana.

Pelo que vimos hoje, os dois estão se desenvolvendo perfeitamente, e a diferença de tamanho hoje é bastante pequena. O menino é um pouquinho maior que a menina – o que é esperado -, mas ela é mais longa. O chamado Gêmeo 1 é o menino, que está mais perto da “porta de saída”, e o Gêmeo 2 é a menina, que está mais ao alto na barriga. Ambos são bastante ativos, mas sinto a menina o tempo todo porque ela está mais perto da minha pele. O menino está atrás da placenta, por isso só o sinto quando os movimentos são para o lado, para cima ou em direção à minha bexiga.

As placentas estão bem posicionadas, não bloqueando a saída para o parto. De acordo com a ginecologista, se eu entrar em trabalho de parto antes da semana 34, eles tentam parar o processo. Se o trabalho de parto se iniciar depois da semana 34, eles deixam nascer sem problemas. Idealmente, eles devem ficar aconchegados na barriga até pelo menos a semana 36.

Ao que tudo indica, o parto será normal, mas ainda é cedo para dizer. Tudo pode mudar a qualquer momento. Durante a ultra, a menina estava na transversal e virou de cabeça pra baixo, ficando com o rosto virado pro bumbum do menino. Eles ainda estão pequenos e têm muito espaço para se movimentar, mas parecem gostar do contato entre eles. Tenho a sensação de que a menina é mais ativa que o menino, mas é difícil dizer, já que ele está atrás da placenta dele.

Por aqui, como já disse durante a gestação de Matias, o parto normal é regra, mesmo que a criança esteja sentada. Se o menino estiver com a cabeça encaixada na pélvis, é parto normal, independente da posição da menina. A Noruega é um dos poucos países que realizam partos vaginais de bebês que estão sentados. A cesária só acontece mesmo com indicação clínica. O bom do parto normal é sair do hospital como a Duquesa Kate Middleton: andando, linda, e de salto. Com cara de cansada, claro, mas pronta pra outra. É meu desejo ter outro parto normal. Não vai poder ser na água, como o de Matias, mas normal.

Os nomes…

Agora entramos na fase de escolher nomes, e mais especificamente nome de menino. O nome da menina foi na verdade escolhido antes de Morten e eu nos casarmos (Imaginem!). Desde que engravidamos de Matias e não sabíamos que era um menino que venho reagindo ao nome que escolhemos. Naquele momento o escolhemos por ser um nome que funcionava tanto no Brasil quanto na Noruega, e é bonito. Mas depois disso, quando o nome se tornou realmente uma possibilidade, fui buscar o significado… e não gostei. O nome da menina deve ser Cecilia ou Cecilie – ainda não decidimos se a ou e soam melhor no final. Mas o nome significa “cega” ou “caolha”. Também foi o nome de uma santa… mas o significado me incomoda um pouco. Pensamos que um segundo nome pode aliviar isso, mas ainda não falamos mais sobre isso. Morten é louco por esse nome desde que o escolhemos, fez até música para a potencial Cecilia/Cecilie dele. Então, bem, deverá ser uma das duas variantes mesmo. Que com ela nasça um novo significado pro nome.

Quanto ao menino… ainda não consideramos. Falamos um pouco sobre isso ontem, mas só surgiram nomes bizarros em tom de piada. Agora temos que levar o negócio a sério. Acho que vai rolar o esquema de “eu escrevo meus preferidos, você escreve os seus, e depois a gente cruza as listas”. Eu sempre sonhei com Samuel, mas não funciona bem em Norueguês. Enfim, o nome desse menino vai ser um acordão mesmo.

A ginecologista também deixou bem claro que é hora de parar de trabalhar! E finalmente já posso começar a tricotar pra essas crianças! Yeay!

E vamos às fotos da ultra!

Menino semana 19

O menino. Semana 19. – “Documentos” e perfil.

Cecilia semana 19

Cecilia/Cecilie. Semana 19. – Perfil.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s